quarta-feira, 28 de abril de 2010

ARTIGO DE CIRO GOMES APÓS DECISÃO DO PSB

Ao rei tudo, menos a honra
A cúpula de meu partido, o PSB, decidiu-se por não me dar a oportunidade de concorrer à Presidência da República. Esta sempre foi uma das possibilidades de desdobramento da minha luta. Aliás, esta sempre foi a maior das possibilidades. Acho um erro tático em relação ao melhor interesse do partido e uma deserção de nossos deveres para com o País.
Não é hora mais, entretanto, de repetir os argumentos claros e já tão repetidos e até óbvios. É hora de aceitar a decisão da direção partidária. É hora de controlar a tristeza de ver assim interrompida uma vida pública de mais de 30 anos dedicada ao Brasil e aos brasileiros e concentrar-me no que importa: o futuro de nosso País!
Quero agradecer, muito comovido, a todos os que me estimularam, me apoiaram, me ajudaram, nesta caminhada da qual muito me orgulho.
Quero afirmar que uma democracia não se faz com donos da verdade e que, se minhas verdades não encontram eco na maioria da direção partidária, é preciso respeitar e submeter-se à decisão. É assim que se deve proceder mesmo que os processos sejam meio tortuosos, às vezes.
É o que farei.
Deixo claro: acato a decisão da direção do partido. Respeitarei as diretrizes que, desta decisão em diante, devem ser tomadas em relação ao nosso posicionamento na conjuntura política brasileira .
Meu entusiasmo, e o nível de meu modesto engajamento, entretanto, compreendam-me, por favor, meus companheiros, irão depender do encaminhamento, pelo partido, de minhas preocupações com o Brasil, com nossa falta de um projeto estratégico de futuro, com a deterioração ética generalizada de nossa prática política, com a potencial e precoce esclerose de nossa democracia.
Agradeço novamente aos companheiros de partido pelo apoio que sempre me deram. Faço também um agradecimento especial ao povo cearense pelo apoio de todas as horas; mas minha lembrança mais grata vai para o simpatizante anônimo, para o brasileiro humilde, para a mulher trabalhadora, para os jovens, em nome de quem renovo meu compromisso de seguir lutando!

sexta-feira, 23 de abril de 2010

OS MEDICOS JOAS MEIRA E ELVIO PONTES PODEM SER CANDIDATOS PELO PSB

video

PSB APRESENTARÁ DOIS MÉDICOS PARA DISPUTAR AS ELEIÇÕES DE 2010

Após ter ouvido vereadores, suplentes, Secretários Municipais, membros do Governo Estadual e Municipal, militantes partidários e diversos segmentos da sociedade, a direção municipal do PSB de Vitória da Conquista definiu estratégias para viabilizar a participação do partido na eleição de 2010 e indicou os pré-candidatos para formarem a chapa proporcional no próximo pleito. Trata-se dos médicos Joás Meira, pré-candidato a deputado estadual, e Elve Cardoso Pontes, pré-candidato a deputado federal. O partido, que tem sido o segundo mais votado nas últimas eleições em Conquista, entende que há uma necessidade de candidaturas regionais para fortalecer a legenda. Assim, Vitória da Conquista poderá ter pela primeira vez, uma dobradinha com médicos disputando uma vaga no legislativo estadual e federal.

Joás Meira tem 50 anos, é formado pela Escola Baiana de Medicina. Especialista em medicina do trabalho e clinica geral, já foi diretor do ambulatório da cidade de Barra do Choça, também foi diretor do Hospital de Base de Vitória da Conquista, no qual foi responsável pela instalação do 1º serviço de tomografia pública da região, além de resgatar a qualidade no atendimento prestado naquele hospital.
Joás foi delegado regional do CREMEB, entidade que representa a classe medica do Brasil. também é pastor da Igreja Nova Sião, sendo muito querido e respeitado no segmento evangélico.
Em seu discurso, Joás agradeceu ao partido pelo convite e disse que será uma honra disponibilizar seu nome para o PSB na disputa por uma vaga na Assembléia Legislativa do Estado. Disse ainda que a campanha será simples, mas com a defesa de bandeiras sociais importantes para o desenvolvimento da região sudoeste.
Já o pré-candidato Elvio Cardoso Pontes, disse que Vitoria da Conquista precisa de representação política capaz de defender a cidade e a região buscando investimentos em políticas sociais, e de segurança, alem de lutar pelo desenvolvimento econômico da região sudoeste.
Elve Cardoso Pontes é médico formado pela Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública, bacharel em Direito pela UESB - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, médico Legista e Especialista em Medicina Legal pela Sociedade Brasileira de Medicina Legal. Foi diretor da Santa Casa de Misericórdia de Vitoria da Conquista onde atualmente ocupa a função de médico Ortopedista. Atuou na condição de professor de Medicina Legal na ACADEPOL - Academia da Polícia Civil do Estado da Bahia e na Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC/Vitória da Conquista. Na condição de medico ortopedista, também, atuou nos municípios de Planalto, Poções, Ribeirão do Largo, Encruzilhada e Belo Campo. Dr. Elve também é empresário do ramo de Consultoria e Assessoria Municipal de Desenvolvimento de Programas de Saúde e Educação.

Para o Genivan Néri, membro da executiva estadual, a eleição de 2010 marcará o fortalecimento das legendas progressistas, que apóiam o governo do PT. “ Com o apoio dos partidos aliados, a reeleição do governador Wagner será possível e partidos como o PSB terão grandes chances de saírem fortalecidos na eleição proporcional ”. Afirmou Genivan.
O vereador Emanuel Moura (Neu do Gás) disse que os pré-candidatos do PSB reúnem vários fatores positivos para uma eleição, entre elas o fato de ser uma novidade, visto que ambos nunca foram candidatos, e por serem médicos conceituados respeitados e envolvidos com as demandas sociais da nossa cidade.
Já para o ex-presidente do PSB, e empresário Hernani Galdino, a eleição de Joás Meira e Elvio Pontes significa uma boa opção para que o eleitorado Conquistense tenha representantes nos legislativos estadual e federal, comprometidos com a nossa cidade e a nossa região.